Motores para piscina: como funcionam?

Motores para piscina: como funcionam?

15/08/2018 0 Por globaltechbrasil

Uma piscina, para estar funcionando adequadamente, precisa de certos equipamentos. Esses equipamentos garantem a limpeza, manutenção e qualidade da água, a fim de proporcionar o melhor momento de lazer para os seus usuários. Dentre os equipamentos mais utilizados, estão os motores para piscina. Conheça mais sobre e por que ele é essencial para a sua!

Para o que servem os motores para piscina

A principal função do motor (também conhecido como bomba ou motobomba) é circular a água. Parece simples, mas essa função é crucial para manter a limpeza e até o funcionamento de outros acessórios.

Com o tempo, a piscina vai acumulando sujeiras e pode acabar sendo o foco de mosquitos transmissores de doenças por conta da água parada. Além de comprometer a qualidade da água, pode também comprometer a saúde das pessoas que virão utilizar a piscina.

Por conta disso, é preciso que a água seja constantemente bombeada pelas tubulações até chegar ao filtro, que é responsável pela filtração de impurezas. Depois, a água limpa volta à piscina.

Os motores para piscina também fazem com que acessórios como cascatas funcionem e também permitem o aquecimento da água. Além disso, são fundamentais para o tratamento da água, fazendo com que os produtos químicos se misturem de forma homogênea.

Banner Motobombas 1

Cuidados para garantir o bom funcionamento

De modo geral, os motores para piscina não necessitam de muitos cuidados. Porém, algumas atitudes podem ajudar a conservar o equipamento por mais tempo e evitar eventuais defeitos.

Os motores são projetados para funcionar com água limpa à baixas temperaturas. Isso significa que fazê-los trabalhar com água com sal ou terra pode reduzir drasticamente a vida útil do equipamento.

O ideal é que a cada 6 meses seja feita uma revisão técnica do motor, a fim de verificar se o aparelho está funcionando adequadamente. Mas você ainda pode tomar alguns cuidados extras, como:

  • Ficar atento a ruídos estranhos, vibração, temperatura alta ou vazamentos; podem ser indícios de que a bomba está desgastada. Nesse caso, desligue o motor e procure um técnico;
  • Nunca deixe o motor trabalhar sem água ou com os registros fechados, pois isso pode danificar o rotor e o selo mecânico;
  • Verifique os elementos de vedação do equipamento regularmente;
  • Limpe o cesto do pré-filtro regularmente;
  • Atente-se à vazão do motor, que deve corresponder à necessidade de cada piscina.

Para obter informações mais específicas a respeito do funcionamento dos motores para piscina, entre em contato com um profissional da área.


Passe na loja da Global-Tech Brasil e confira os melhores modelos de motobombas e filtros para a sua piscina!