Como aprender a nadar: dicas para iniciantes

Como aprender a nadar: dicas para iniciantes

05/04/2022 1 Por globaltechbrasil

Quem ainda não sabe nadar, conhece a frustração de ficar do lado de fora da piscina, esperando um momento de coragem para aproveitar e se refrescar na água. Se você ainda não aprendeu, mas também não desistiu da ideia, esse artigo é para você!

Saber nadar é sem dúvidas um mar de benefícios. Além de prazerosa, essa atividade traz vantagens para a saúde e bem-estar. Existem inúmeras pessoas que aprendem a nadar depois de certa idade, então, a primeira coisa que você precisa saber é que nunca é tarde para começar!

Confira as dicas que separamos para te ajudar nessa missão:

Aprendendo a nadar: da respiração até as braçadas

Além de ser ótimo para se divertir, a prática da natação é uma atividade muito saudável. A natação auxilia o desenvolvimento de crianças e jovens e é uma opção para adultos que não gostam de academias, mas que desejam manter o corpo ativo, queimar calorias e fortalecer os músculos.

Mulher

Então, para dar início ao seu aprendizado, saiba que a primeira dica é: não tenha medo! Esse é o fator inicial para que você consiga aprender. Escolha um local que ofereça segurança vai fazer com que você se sinta mais confortável na hora de aprender a nadar.

Sinta-se seguro para começar a nadar

Comece em uma piscina rasa e, se possível, com o auxílio de uma pessoa que saiba nadar – isso pode lhe trazer mais segurança! Hoje existem também diversos formatos de boias e flutuadores que funcionam como bom amparo nesse processo. Ter por perto aqueles espaguetes flutuantes é um bom exemplo de investimento.

Acostume-se com a água!

Depois de entrar na água, faça movimentos para ir se acostumando. Tente andar dentro da água, dobre um pouco os joelhos e mova os braços. Molhe o rosto e vá explorando o ambiente, mas sempre próximo da borda ou dos flutuadores.

Senhora boiando em água

Pratique a respiração

Para nadar, um hora ou outra será necessário aprender a segurar a respiração. Abaixe seu corpo, de forma que sua cabeça fique imersa na água. Se preferir, pode começar segurando o nariz com a ajuda das mãos.

Quando estiver submerso, solte o ar pelo nariz lentamente. Você observará as bolhas saindo. Repita esse exercício, permanecendo 5 segundos embaixo da água. Depois vá aumentando o tempo para 10 segundos. Agora, você pode intercalar 5 segundos segurando a respiração e 5 segundo soltando o ar dos pulmões.

Com a prática, você perceberá que o seu corpo vai se acostumando com essa atividade e aumentará a sua capacidade de ficar com o corpo todo submerso.

Aprenda a boiar na água

Estique os braços e relaxe lentamente, tentando boiar tanto de frente quanto de costas. Assim perceberá como a água sustenta o peso do seu corpo. A forma mais fácil é de barriga pra cima. Respire fundo e, com o pulmão cheio e os braços abertos, impulsione seu tórax para cima, “deitando” na superfície da água.

Quando estiver flutuando, relaxe o corpo e mantenha o pulmão cheio segurando a respiração. Você pode fazer leves movimentos com os braços e pernas, mas devem ser movimentos leves! No começo, você pode pedir ajuda de uma pessoa ou usar um flutuador, mas é importante tentar sozinho em algum momento, combinado?

Treine o movimento das pernas

Estenda os braços e segure na borda da piscina ou em uma prancha, Comece a movimentar as pernas alternadamente para cima e para baixo, batendo os pés na água ou. Se estiver em uma posição horizontal, a tendência é ser impulsionado para frente.

Se estiver na vertical, seu corpo poderá ficar com a parte superior fora da água, assim você pode boiar em áreas mais fundas da piscina. Mas antes de se aventurar, é importante se sentir seguro. Novamente, conte com o auxílio do flutuador ou das bordas da piscina.

Pratique o movimento dos braços

Agora que você aprendeu a movimentar as pernas, é hora de aprender a movimentar os braços! Para isso, posicione os braços ao longo do corpo e os alterne dentro da água com o movimento para trás. Lembre-se de estender os membros superiores o máximo que puder, mantendo os dedos sempre juntos.

Outro exercício que pode ser aplicado é movimentar os braços para frente e levar para as laterais, empurrando a água para trás de você. Dessa forma, você projeta seu corpo para frente. Tente coordenar os movimentos dos pés que você praticou anterior junto com os braços para conseguir se deslocar pela água.

Foque nas primeiras braçadas

Quando sentir-se preparado, apoie os pés no fundo da piscina, estique os braços para frente e abaixe a cabeça de modo a colocar o rosto na água. Vire o rosto lateralmente e respire puxando o ar pela boca que estará fora d’água, expirando pelo nariz ao voltar com o rosto em direção ao fundo da piscina. Tente fazer isso de forma ritmada, treinando a respiração durante todo esse processo.

Mulher nadando

Quando sentir-se seguro, comece a dar braçadas parado. Em seguida, rode seu braço com a mão, de modo que funcione como uma pá quando entrar na água e jogando-a água para trás. Com isso, mantenha o rosto na água e os pés no chão da piscina.

O próximo passo é começar a bater os pés. Não faça movimentos muito rápido, é importante ir devagar. Assim seu corpo vai se adaptando. A cada um ciclo de rodadas, vire o rosto e respire.

A medida que for ganhando habilidade, aumente para dois ciclos e assim sucessivamente.

Aprenda a nadar sob a água

Chegou a hora de nadar sob a água. Para isso, pegue em impulso e pule para o fundo da água. Nesse processo, você deve estender os braços para frente. Quando estiver na água, leve-os para trás.

Desenho de homem nadando

O queixo deve ir em direção ao tórax, mas sem que encoste. No momento em que estiver embaixo d’água, você deve movimentar os braços movendo-se para frente a cada braçada. Com as penas, faça o movimento de ondas que ensinamos no passi anterior.

Treine de forma regular

Para aprender a nadar e ter mais segurança dentro da água, é importante praticar sempre. Mesmo que seja pelo menos duas vezes por semana. A prática é o que fará você se aperfeiçoar.

Mulher nadando sob água

Além de aprender uma nova atividade física, a natação pode ser uma ótima opção para quem quer perder peso ou deixar a vida sedentária de lado. Entenda mais sobre o assunto em nosso post “6 razões pelas quais sua piscina é um ótimo queimador de calorias” e encontre mais estímulo para se aventurar nas águas!

Não se esqueça: atente-se para a segurança!

As dicas a seguir são válidas até mesmo para quem já é experiente na natação. Desse modo, é possível reduzir os riscos de afogamento ou outro tipo de acidente na água. Portanto, seja você iniciante ou não, tenha em mente que é preciso sempre ter cuidado ao nadar, assim:

  • Em caso de tonturas, enjoos, cãibras ou qualquer outra dor, saia da água de modo imediato;
  • Não pule de lugares altos, isso pode causa graves lesões;
  • Caso tenha ingerido bebida alcóolica, não tente nadar;
  • Não nade em praias com buracos na areia;
  • Evite correntezas;
  • Opte por praias ou piscinas com salva-vidas;
  • Não tente nadar em alto mar;
  • Tenha certeza de que a água em que pretende nadar é tratada e não lhe causará problemas de saúde.

Se mesmo com as dicas você não se sentir preparado ou não conseguir manter um ritmo de aprendizado, opte por um profissional especializado para ensinar. Assim, você aprenderá de modo rápido e poderá participar de mais momentos de lazer com a sua família.

Não se esqueça que não há uma idade máxima para aprender a nadar, vai depender mais da sua força de vontade e persistência do que outros critérios. Aproveite!

Homem saltando em piscina

Gostou do conteúdo? Compartilhe com seus amigos que também desejam aprender a nadar sozinho. Além disso, continue acompanhando o blog da Globaltech, temos sempre novidades para você por aqui!

Até o próximo post!


Saiba a importância de planejar a compra dos acessórios para sua piscina.

Planejar e Comprar acessórios para sua piscina!

A Globaltech Brasil tem uma linha completa de acessórios para você! Conheça nossos produtos: