Aquecimento de piscina: tipos, funcionamento e vantagens!

Aquecimento de piscina: tipos, funcionamento e vantagens!

13/04/2022 0 Por globaltechbrasil

A ideia de aproveitar a piscina durante o ano todo sem nenhuma restrição, independente da estação do clima, é muito atraente, não é mesmo? Considerando as novidades que vêm surgindo nesse mercado, podemos dizer que o sonho da piscina aquecida não é difícil de concretizar!

Aliás, um ótimo investimento a se fazer, uma vez que existe diferentes tipos de sistemas de aquecimento para garantir a temperatura ideal da água durante o ano todo. Quer descobrir qual é a melhor opção para o aquecimento da sua piscina? Continue a leitura e aprenda com o blog da Globaltech!

Quais são os tipos de aquecimento para piscina?

Antes de escolher o tipo de aquecedor de piscina para seu ambiente de lazer, é essencial conhecer o que cada sistema de aquecimento tem de diferencial para ter certeza de qual deles se adequa melhor à sua realidade. Afinal, o objetivo é investir em um sistema de aquecedor de piscina econômico, sustentável e com potência de calor significativa.

Entre as principais opções do mercado, os modelos que se destacam são os sistemas de aquecimento solar, a gás, a lenha, trocador de calor, elétrico e por meio de capas térmicas. Confira os benefícios de cada um deles a seguir:

Vantagens do Sistema de Aquecimento Solar

Certamente o sistema de aquecimento mais eficiente em questão de sustentabilidade e economia para manter a piscina aquecida, o sistema de aquecimento solar se utiliza de placas e mangueiras que captam a radiação solar e mantém a água da piscina aquecida.

Desvantagem

O ponto negativo que este tipo de aquecedor apresente é a sua dependência da luz solar para obter qualquer tipo de resultado. Para que a temperatura da água não mude, nem mesmo em dias extremamente frios e nublados, algumas pessoas optam por utilizar um sistema auxiliar, como os aquecedores a gás, aquecedores de passagem ou bombas de troca de calor.

Benefícios do Sistema de Aquecimento a Gás

O sistema de aquecimento a gás permite rápida elevação da temperatura da água, qualquer que seja ela, sempre que for necessário. Esse tipo de aquecedor pode utilizar como fonte de energia tanto o Gás Natural (GN) quanto o Gás Liquefeito de Petróleo (GLP), bastante conhecido simplesmente como gás de cozinha.

Desvantagem

O consumo do combustível para o aquecimento a gás é alto e o sistema não está na lista dos sistemas mais indicados em termos ecológicos. A queima do combustível gera gases poluentes que prejudicam o meio ambiente.

Vantagens do Aquecedor de Piscina a Lenha

É um dos métodos mais completos quando se trata de aquecimento de piscina e, inclusive, de saunas – nesse caso, sua utilização é bem mais simples. Outro fator positivo é que a piscina continuará quente e com alta elevação de calor enquanto estiver sendo abastecida com lenha para queima. O cenário perfeito para aproveitar sua piscina até mesmo nos dias mais gelados!

Desvantagem

O sistema de aquecimento a lenha é um dos menos utilizados em relação aos outros já citados por ser mais trabalhosa a sua manutenção. Além disso, o tempo de aquecimento que ele permite é menor com comparação com os demais tipos de aquecimento de piscinas.

Outra desvantagem desse sistema é que demanda uma área grande para armazenamento do combustível, ou seja, da lenha. Além disso, também é um alto gerador de poluentes e resíduos para o meio ambiente, sendo ecologicamente inadequado por necessitar de grandes quantidades de madeira para queima.

Vantagens do Trocador de Calor

Um dos sistemas mais eficientes, o trocador de calor pode fornecer calor para a água da piscina sob qualquer condição climática por utilizar energia elétrica na alimentação do aparelho.

Os equipamentos desse tipo funcionam como um condicionador de ar invertido, capaz de captar o ar quente, descartar o ar frio e assim aquecer a piscina. Sua instalação também uma das mais fáceis e rápidas em comparação aos outros modelos e pode ser usado como uma fonte única ou complementar quando se utilizar também o sistema de energia solar.

Desvantagem

O aquecimento de piscina chamado de trocador de calor pode levar um tempo prolongado para tornar a temperatura da água mais alta, cerca de três dias. Além disso, esse tipo de aquecedor é uma opção com um custo bem mais elevado de gastos de energia elétrica, o que pode representar uma mudança significativa e um aumento considerável na sua conta de luz durante seu período de uso.

Vantagens do Aquecedor de Piscina Elétrico

O aquecedor elétrico apresenta bom aquecimento da água da piscina e, embora tenha um preço de aquisição razoável, o consumo de energia elétrica mensal costuma ser mais alto. Isso porque o aquecedor elétrico aquece a água da piscina através de resistências e a temperatura da água é regulada por um termostato.

Vantagens das Capas térmicas

Ainda que não sejam exatamente um sistema de aquecimento, as capas térmicas, também conhecidas como capa bolha, são acessórios usados para reter o calor da água já aquecida.

O acessório tem como finalidade cobrir toda a superfície da piscina, de modo que fique boiando sobre ela. Dessa maneira, evita-se que a água da piscina perca calor e diminua a temperatura devido ao contato direto com o meio ambiente. Um jeito simples de mantê-la aquecida por mais tempo, não é mesmo?

Acerte na compra do aquecimento de piscina pensando na sua demanda

Outro fator importante e muito significativos na hora de escolher um modelo especifico de aquecedor de piscina é levar em consideração o tamanho da piscina em questão, já que o volume de água da piscina influencia no tempo de aquecimento.

Para piscinas pequenas, com volume de até 15 mil litros, praticamente qualquer sistema pode ser utilizado sem nenhum problema. Entre os mais indicados estão os sistemas a gás e elétrico, que funcionam de forma bem eficiente em piscinas menores sem que seu custo de manutenção seja muito elevado.

Se o caso for de instalação em piscinas médias ou grandes, aquecimento a lenha ou trocador de calor são os mais recomendados.

O sistema de aquecimento solar tem a desvantagem de funcionar apenas com a incidência do sol e operar melhor em climas quentes. Portanto, se você mora em regiões mais frias, esse sistema como fonte única de aquecer a piscina não é tão recomendado. Nesse caso, o ideal seria utilizá-lo em conjunto com o modelo trocador de calor.

A sustentabilidade de um aquecedor e o preço médio de cada aparelho

Dentre todas as opções abordadas em nosso post de hoje, os sistemas mais sustentáveis de aquecimento são o solar, elétrico e o trocador de calor. O principal critério para essa recomendação está no fato de não gerar resíduos ou poluentes ao ambiente enquanto estão em funcionamento ativo ou passivo (ligados ou desligados). Além disso, esses sistemas fornecem praticidade na hora da instalação e manutenção.

A capa térmica também é uma ótima opção para quem preza pela sustentabilidade, contudo, ela funciona apenas se for usada em dias em que a temperatura ambiente já esteja elevada.

Para que a escolha do equipamento ideal seja efetiva, é preciso averiguar também o seu custo! Com preço em torno de R$ 1,5 mil, o aquecimento elétrico é o mais barato da linha de aquecedores por não gerar custos extras após a instalação.

O aquecimento a lenha é também um dos mais baratos do mercado, concorrendo com a faixa de preço do aquecimento de piscina elétrico. No entanto, a sua instalação requer mais cuidados e a manutenção gera custos de reposição da madeira e mais trabalho para repor manualmente a lenha no reservatório sempre que necessário.

O sistema a gás tem um dos custos médios mais elevados, ficando na casa dos R$ 3 mil. Já o sistema de aquecimento solar fica em torno dos R$ 5 mil. Os dois levam um tempo razoável para a instalação e o sistema a gás gera gastos mensais com reabastecimento de tanque. Porém, o investimento compensa, já que o gasto mensal e a manutenção são bem baixos.

Das opções disponíveis, o trocador de calor é o sistema mais caro, ficando em torno de R$ 6 mil. Além disso, também gera um gasto maior no consumo de energia.

Independente do sistema de aquecimento escolhido para sua piscina, um ponto que deve ser sempre considerado é se o sistema tem aprovação do INMETRO. O selo de qualidade vai garantir o perfeito funcionamento e o eficiente aquecimento da sua piscina.

Agora que você sabe mais sobre os principais modelos de aquecimento para piscinas e como eles se aplicam, ficou mais fácil tomar a decisão de qual é o melhor, não é mesmo? Caso ainda não sinta segurança para sua compra, continue sua pesquisa sobre o assunto lendo o nosso post “como escolher o melhor aquecedor para piscina“.

Aproveite a visita e explore todo o blog Globaltech Brasil. Descubra tudo sobre o mundo das piscinas e conheça nossas dicas!